fbpx

O impacto da bandeira vermelha na conta de luz

Bandeira será vermelha no patamar dois a partir de 1° de Outubro de 2017, com sua conta mais alta.

A partir de 1º de outubro de 2017, a conta de luz fica mais cara porque a bandeira será a vermelha no patamar dois, o mais alto. É consequência da falta de chuvas, só lembrando que as represas brasileiras estão com pouco volume de água e o sol é uma solução real, abundante e presente.

Em três meses, a conta de luz subiu 40%. A conta de luz vai aumentar ainda mais. A partir deste domingo (1º), a tarifa sobe para todo mundo.

Em junho, a bandeira tarifária era verde, que não tem adicional. Em julho mudou para amarela, que tem custo extra de R$ 2,00a cada 100 kwh. Em agosto foi para vermelha, patamar um, com acréscimo de R$ 3,00. Em setembro, voltou para a amarela. E agora vai para vermelha patamar dois, com aumento de R$ 3,50.

A culpa é da seca. Dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico mostram que as represas de todas as regiões brasileiras estão com pouco volume de água em seus reservatórios. Com isso, o governo reduz a produção das hidrelétricas e aumenta o uso das termelétricas, que geram uma eletricidade mais cara.

Nos últimos 12 meses, segundo o IBGE, o custo da energia elétrica subiu mais de 5%, o dobro da inflação. Mas o consultor Mauro Calil lembra que o impacto da nova bandeira é bem maior para quem ganha menos: “A energia elétrica para uma família de baixa renda pode representar 5% da renda. Para uma família de alta renda vai representar 1% ou 2%, ou até menos do que isso”.

As bandeiras tarifárias só não valem para Roraima que ainda não faz parte do Sistema Interligado Nacional.

Se proteja dessa política de descontrole de preço, produzindo sua própria energia de fonte limpa, renovável, inesgotável e sustentável.

Energia Solar Fotovoltaica, reduzindo de imediato em até 95 % sua conta de luz, com isenção de ICMS na produção própria, valorizando seu imóvel com ótimo investimento de retorno garantido  a médio prazo.

Faça seu contato para orçamento com a SOLISTEC – Energia Solar, (051) 9999 7782 e ou pelo e.mail: [email protected]

 

Sergio Santos Pereira é diretor comercial da SOLISTEC Soluções Energia Solar e gestor ambiental. Formação técnica como auditor líder da norma NBR ISO 14.001, auditor interno de gestão Integrada e integrador/intermediador de energia solar fotovoltaica.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Redes Sociais

Informativo Solistec

Pin It on Pinterest

Share This
Chame pelo WhatsApp
1
Deseja falar com Consultor?
Olá somos a Solistec Soluções em Energia Solar.
Como podemos ajudar?